06 de fevereiro de 2013

Revista afirma que Jay-Z não quis cantar com Beyoncé no Super Bowl

Por: Música na Veia

Beyoncé foi vista por cerca de 104 milhões de pessoas

Muito se comentou sobre uma possível participação de Jay-Z, marido de Beyoncé, na apresentação da cantora no intervalo do Super Bowl. Porém, o rapper preferiu aparecer apenas no show de Justin Timberlake, na noite anterior, sábado, dia 2, em um evento prévio da final das ligas de futebol americano, organizado por uma rede de televisão dos EUA.

Segundo a revista “US Weekly”, Jay-Z iria fazer uma participação especial durante a execução da música “Crazy In Love”, mas desistiu no último minuto. “Ele queria que esse fosse o momento dela e não queria que se afastasse disso”, revelou uma fonte desconhecida. “Ela trabalhou muito duro para isso.”

No lugar dele, Michelle Williams e Kelly Rowland apareceram no palco ao lado de Beyoncé, formando a Destiny`s Child. Depois do show, segundo dados do site The Hollywood Reporter, as vendas de álbuns digitais do trio, longe dos palcos há oito anos, subiu em 600%.

Mesmo se apresentando de graça no evento, Beyoncé também começou a faturar após o Super Bowl com as vendas de seus discos online, que subiram cerca de 230%. No quesito audiência, o show da cantora alcançou uma média de 104 milhões de telespectadores, contados apenas na hora do intervalo, segundo estima a “Billboard”.

Os números finais em torno do Super Bowl ainda geram confusão. Na terça, dia 5, a NFL, liga oficial de futebol americano, divulgou que a partida foi vista por mais de 164 milhões de pessoas, sendo um dos mais assistidos da história.

Porém, segundo a Nielsen Sound Scan, empresa que fornece informações sobre o índice de audiência nos EUA, o 47.º Super Bowl chegou a 108,41 milhões de telespectadores e o show do intervalo ficou com 104 milhões. Segundo estes dados, Beyoncé não superou a marca de Madonna no evento de 2012, que obteve 112,5 milhões de telespectadores.